Porquê o símbolo do imposto de Renda é um Leão?

Na década de 1980 era necessário preencher formulários em papel e quem sabe pedir ajuda a algum contador ou contratar um escritório de contabilidade. Para tornar o processo mais amigável para a população, nada melhor que um mascote. E daí vem o Leão do Imposto de Renda. Em 1979 a Receita Federal adotou o leão como símbolo do Imposto de Renda, o governo federal contratou uma agência chamada DPZ para criar uma campanha publicitária para divulgar o Programa Imposto de Renda. A ideia era estabelecer uma forma de ampliar a arrecadação. Após analisar as propostas dos publicitários, nasceu a ideia de um leão como símbolo da ação fiscalizadora da Receita, em especial do Imposto de Renda. A criação do leão era do publicitário José Zaragoza e na época o secretário da Receita era Francisco Dornelles.

Há anos é possível fazer todo o processo de declaração do Imposto de Renda por meio digital, é possível saber se é necessário declarar Imposto de Renda pelo CPF. Informar os dados pessoais e de dependentes, descrever renda, investimentos e rendas, relatar gastos e enviar a documentação para a Receita Federal. Tudo de forma computadorizada, mas nem sempre foi assim. A escolha pelo rei da selva se dá por sua figura no imaginário. O leão é justo, por permitir que todos os animais vivam em sua savana, tranquilo por estar a maior parte do tempo parado em meio a natureza, e leal por só atacar quando é necessário, seja para se alimentar ou para se defender. A figura do leão foi utilizada para apresentar ao público quais documentos são necessários para a declaração do imposto de renda, os prazos, os processos necessários para enviar a documentação e como garantir a restituição, locais de entrega e quem era obrigado a prestar contas a Receita Federal.

Foram 4 os motivos para a escolha do leão, levaram em consideração algumas de suas características, segundo a própria Receita:

  1. Ele é o rei dos animais, mas não ataca sem avisar;
    2. É justo;
    3. É leal;
    4. É manso, mas não é bobo.

O sucesso da campanha publicitária foi tão grande que chegou aos dicionários. O Dicionário “Houaiss” define Leão como o órgão responsável pela arrecadação do imposto de renda. Segundo o “Aurélio”, Leão é o órgão arrecadador do imposto de renda. Para o “Sacconi”, Leão é o serviço de arrecadação do imposto de renda. Na definição do “Dicionário da Academia Brasileira de Letras”, Leão é o órgão encarregado de recolher o imposto de renda.

Na verdade, o Leão é do tempo em que a declaração era preenchida com caneta e papel, nos anos 1980. Hoje, o Leão foi aposentado pela Receita Federal. Pelos conceitos dos dicionários, verifica-se a relação do leão com o imposto de renda e não com a Receita Federal, o termo, afinal, virou sinônimo da autoridade, sobretudo quando as pessoas se referem a prestação de contas com o leão e não com a RF.

 

Para saber mais informações sobre #declaraçãoIR2022 e nossos outros serviços e soluções consulte um de nossos especialistas agora mesmo!
📞 (31) 3508-2000
💻 Instagram: @contabilidadeconexus

 

Via: serasa.certificadodigital.com.br/ / br.noticias.yahoo.com

 

×