Atualmente, abrir uma empresa é o sonho de muitas pessoas em todo Brasil e no mundo, mas esse sonho pode ser dificultado por um problema grave: na organização do Serviço de Proteção ao Crédito (Serviço de Proteção ao Crédito), o nome negativado ou “com o nome no SPC” ou “com o nome sujo”, expressões mais conhecidas. Ter o nome negativado poderá impedir a abertura da empresar? Hoje vamos falar sobre as possibilidade de abertura de empresa mesmoi estando com o nome sujo. Confira:

Posso abrir empresa mesmo com meu nome sujo?

Sim! Você pode abrir a empresa mesmo com o nome sujo. No Art. 9 está escrito: “O registro dos atos constitutivos, de suas alterações e extinções (baixas), referentes a empresários e pessoas jurídicas em qualquer órgão envolvido no registro empresarial e na abertura da empresa, dos 3 (três) âmbitos de governo, ocorrerá independentemente da regularidade.”

A Lei Complementar 123 de 14 de dezembro de 2003 não prevê obstáculos a sua abertura por causa de restrições cadastrais. Nem sequer as restrições com o poder público pode impedir a abertura da MEI, como dispõe o artigo 9o. da referida lei.

O que pode te impedir de abrir a empresa são pendências na Receita Federal, que é o órgão no qual você precisa registrar-se como pessoa jurídica e obter o seu CNPJ.

Mas qual é o problema então?

Na hora de precisar de crédito para sua empresa, isso pode te prejudicar. Você tem a sua conta corrente, ainda que não é pelo fato do seu CPF está sujo que você não consiga abrir sua conta corrente como pessoa jurídica. Você consegue sim abrir a conta corrente de pessoa jurídica.. Mas o interesse do banco é conceder um crédito para você, o interesse do banco é conceder produtos para você, é liberar um cartão de crédito para você poder utilizar. E com pendências em seu nome, isso irá impedir a liberação de crédito ou empréstimos para te ajudar se estiver começando.

O aconselhável é você, primeiramente, regularizar suas pendências financeiras e iniciar a sua empresa com tranquilidade.

A importância do nome limpo para empreender melhor

Estar com o nome limpo não é obrigatório para abrir uma empresa, e geralmente o nome sujo é apenas consequência de uma fase desorganizada da vida pessoal. Ainda assim, a regularização é um passo importante para a saúde financeira do empreendedor e de sua empresa.

Com o acesso facilitado a uma infinidade de fontes de informação, é muito mais fácil obter o conhecimento necessário para gerenciar finanças com mais qualidade. Esse aprendizado será essencial ao longo do crescimento de um negócio.

O primeiro passo para cuidar melhor da vida financeira é o autoconhecimento, entender nossos hábitos financeiros e descobrir o ponto de partida.

Caso desconfie que já esteja com o nome sujo, você pode verificar gratuitamente a partir dos serviços mais conhecidos do mercado: SPC e Serasa.

Via: viverdecontabilidade / Jornal Contábil

×